HomePage
Calendário
Fevereiro 2020
D S T Q Q S S
       1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29

Área do Aluno

Concursos
Manuais Escolares
Horários

Galeria de Fotos
Visita-nos no Facebook
oferta de emprego

consulta

AvInterna

Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
2020-02-06
Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”

No dia 6 de fevereiro, os alunos da turma J do 1º ano, do curso CEF - Operador de Jardinagem, participaram numa ação de sensibilização antibullying, dinamizada pela Polícia de Segurança Pública. Esta atividade inseriu-se no âmbito da disciplina de Cidadania e Mundo Atual, no tema C2 “Discriminação e Racismo: todos diferentes, todos iguais”, sob a responsabilidade da professora Tânia Ribeiro. 

A ação iniciou-se com uma apresentação dos alunos e dos senhores agentes da PSP, Gil Carvalho e Azevedo 

De seguida, o agente Gil começou por esclarecer o conceito de bullyingapresentando testemunhos reais de crianças e jovens vítimas deste flagelo tão atual.  

Os alunos ficaram a saber que existem vários tipos de bullying: o direto, que inclui as agressões verbais (insultos), agressões físicas e o cyberbullying (quando há humilhação, gozo ou invasão de contas sociais online); e o indireto, ao nível emocional, de exclusão social e de racismo. Esta variante do bullying implica excluir, manipular, perseguir e amedrontar. 

Conquistada toda a atenção dos alunos, os agentes prosseguiram, alertando para a gravidade da prática de tais atos, relembrando que os jovens, a partir dos 16 anos, apesar de ainda não serem maiores de idade, já podem responder criminalmente pelas suas ações.   

Ficaram também a conhecer o círculo do bullying, onde perceberam que, muitas vezes, as pessoas desempenham o papel de assistentes neutros, isto é, conhecem casos de bullying, por vezes até os testemunham, mas optam por não interferir, por medo, por vergonha ou por indiferença para com a situação. Esta é uma atitude totalmente errada, pois deve-se sempre auxiliar a vítima, recorrendo à ajuda imediata de um adulto próximo ou chamando a polícia. 

Foram ainda apresentados os comportamentos típicos dos agressores e das vítimas, bem como os fatores de risco e os de proteção. Assim, os agentes reforçaram a ideia da necessidade dos jovens recorrerem à ajuda familiar e escolar para denunciarem situações que conheçam ou quando são as próprias vítimas.  

A ação terminou com o visionamento de um pequeno vídeo sobre o tema, tendo havido ainda tempo para que os alunos colocassem várias e pertinentes questões 

No final, os agentes elogiaram o comportamento e interesse evidenciado pela turma e terminaram, salientando que, como cidadãos, temos a responsabilidade de estar atentos aos sinais das pessoas que nos rodeiam, pois, por vezes, passamos o dia inteiro com amigos/colegas/familiares e não conseguimos entender os seus pedidos de socorro. 

Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
Ação de sensibilização “O bullying é para os fracos”
voltar
Imprimir
topo
 
 Escola Profissional de Ponte de Lima-2020, Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por: Portugal Interactivo